Como ensinar seu filho a lidar com a frustração

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

crianca-mimada-dicas-5Assim como nós passamos por este aprendizado um dia, nossos filhos também terão que aprender a lidar com as emoções que a vida lhes proporcionará. Aprender a lidar com a frustração é uma das mais importantes, afinal, nem sempre nós vencemos, nem sempre nos saímos bem e nosso perfil e índole também são embasados em insucessos.

Nas crianças, estas possíveis perdas (e o proveito de tirar ensinamentos delas) podem começar cedo, seja por perder um jogo no videogame, tirar notas baixas ou não ganhar o brinquedo que desejava.

Como a decepção faz parte tanto da vida das crianças como dos adultos, quanto antes elas estiverem preparadas, maior experiência terão no futuro, na vida adulta.

Claro que nenhum pai deseja ver o filho sofrer com uma derrota, mas nessa hora os pais devem saber como se portar. É melhor os pais ensinarem em casa como lidar com estas situações do que a criança aprender na rua, com deboches, bullying e da pior maneira possível. Os pais devem contribuir para esse amadurecimento e preparo para a vida.

Como você pode ajudar seu filho a superá-las

As formas são diversas. Na escola, por exemplo (e serve para diversas situações), é importante que ele entenda que só se sairá bem, tirará aquela nota alta que o seu colega de classe tirou, se ele se esforçar, estudar, se empenhar, caso contrário, existem grandes chances de ele não ir bem em uma prova. Quanto mais capacitado ele estiver, mas exercitar aquilo, melhor ele irá.

Quando vocês jogam alguma partida, de algum jogo, é normal que os pais deixem os filhos vencer, afinal, ele é pequeno e é bom para os pais vê-los felizes. Mas já pensou que assim pode influenciar ele a não saber perder?

Dar tudo que ele quer na hora que ele quiser também não é tão legal assim, saber esperar a hora certa é um bom ensinamento contra a frustração e de que existem regras. Esteja preparado contra a manipulação através de choro, recusa em se alimentar, entre outros que a criança possa criar.

Quando dizem que preparamos nossos filhos para o mundo, tem muita verdade nisso. Afinal, devemos ensiná-los, instruí-los e mostrarmos o melhor caminho a seguir. Nós criamos, nós educamos, nós queremos apenas o melhor e que a caminhada deles seja por um caminho menos conturbado e mais feliz.

Fernando Cunha ©

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×