Molécula pode ser a explicação do por que o cão é o melhor amigo do homem

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

caesEssa frase de que o cão é o melhor amigo do homem já ouvimos a séculos. Há quem diga que essa conexão existe a mais de 10 mil anos. A explicação de toda essa cumplicidade pode ter sido desvendada em um estudo realizado na Austrália e que foi divulgado no Journal Animal Cognition: a ocitocina.

A molécula ocitocina, que também é conhecida como o hormônio do amor, causa um aumento de confiança entre os humanos e está presente para que mães e bebês se conectem.

“Este estudo nos diz que o neuropeptídio ocitocina está envolvido na habilidade canina de usar sinais sociais humanos, como a capacidade de apontar, para seu próprio benefício, por exemplo, quando querem encontrar comida escondida”, disse Jessica Oliva, da Universidade Monash, de Melbourne. “É provável que esta conexão e comunicação interespécies caminhem lado a lado, graças à ocitocina”, concluiu Oliva.

A ocitocina

caes 2De acordo com o estudo, ela é liberada pelo cérebro no contato íntimo de um abraço ou uma carícia, o que pode ajudar aos cães estarem mais atentos em nós e assim melhorarem seu relacionamento com os seres humanos.

No estudo, 62 cães foram incentivados, através de gestos, a encontrarem doces escondidos em duas tigelas, sendo que apenas uma delas continham a guloseima. O teste foi realizado duas vezes, uma após terem recebido um spray nasal inativo (apenas com água salgada) e outro com eles recebendo o spray nasal com ocitocina.

Os pesquisadores descobriram que o desempenho dos cães ao receber ocitocina foi muito maior e duraram por 15 dias. O resultado foi de que a situação de os cães terem recebido a ocitocina tiveram o hormônio aumentado e a capacidade de responder aos sinais humanos.

Para o professor de neurologia da Universidade de Loma Linda, na Califórnia, Dr. Paul Zak, o estudo pode ser ainda mais aprofundado. “A ocitocina é um dos muitos sinais cerebrais que motiva comportamentos sociais. O cérebro é muito mais complicado do que uma substância química.”

Fernando Cunha ©

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×