Español Tupiniquim

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×
Guitarras barulhentas, vocais no volume mais alto em que as cordas vocais possam agüentar e uma contextualização própria. Detentor de headbangers espalhados por todo o habitat terrestre deste planeta, o Heavy Metal detém os devotos mais fiéis dentre todos os estilos musicais. Uma grande parte destes aficionados encontra-se no Brasil, que também exporta muitas bandas mundo a fora, porém, todas cantando em inglês.
Como todos nós sabemos, é incompatível que o Heavy Metal seja cantado em português, tanto pela parte musical, de composição somada a arranjos, como pela parte comercial, sendo a língua da princesa Elizabeth, universal. Mas uma dúvida é intrigante, somos brasileiros, países que falam inglês estão ao norte da América ou do outro lado do oceano Atlântico, longe não é?! Porém, fazemos parte da América Latina, cercados por países de colonização espanhola, eis a pergunta: Por que o Heavy Metal espanhol não entra com força no país tupiniquim? Quem lê pode atacar com o clichê, “mas inglês é uma língua universal”. Isso eu citei anteriormente, há razão nesta afirmação, mas eu não defendo que o espanhol detenha o mercado, seria interessante que ele obtivesse uma parte.
Existem grandes bandas de língua latina, como Avalanch, Rata Blanca, Tierra Santa e Mago de Oz, por exemplo, a maior parte delas não dispõem nem do conhecimento da maioria da população ligado ao estilo no Brasil. Nem mesmo as gravadoras nacionais ou com filiais aqui, lançam os discos destas bandas. È muito mais fácil ver lançamentos de bandas novas como Entwine, Taceree e Vital Remains, por exemplo, do que de grandes monstros do Rock/Metal mundial, como Rata Blanca e Mago de Oz, aclamados na América Latina e na Europa.
Para termos uma idéia, os argentinos do Rata Blanca, nossos vizinhos, estão completando 20 anos de carreira em 2008, ao longo desse tempo foram lançados 10 cds e incrivelmente apenas dois, isso mesmo, dois, foram lançados no Brasil, pela Hellion, em 2002 e 2003. A Hellion que neste ponto está a frente das demais, pois é a única que, mesmo poucas vezes, lança alguma banda de língua espanhola. Por outro lado, ainda quebram a cara, como no release de lançamento de Camino Del Fuego, de 2002, que dizia em letras garrafais: “Os Monstros do Rock Latino Estão de Volta”. Que monstros são esses? Que grande banda é essa, que nunca nos foi apresentada? Pois é, depois do lançamento nacional de Poder Vivo, em 2003, a Hellion não quis mais saber dos hermanos, sendo que La Llave De La Puerta Secreta, de 2005, nem foi citado em lugar algum.
Outro exemplo são os espanhóis do Mago de Oz, 15 anos de banda, nove discos lançados, referencia musical da Espanha, inventores do Folk Rock/Folk Metal e nenhum cdzinho sequer lançado no Brasil. Mas veja como o mundo é sarcástico, Tuatha de Danann, banda brasileira que mais faz sucesso no exterior atualmente, tem como uma de suas principais influências sabe quem? Pois é, mesmo que os mineiros cantem em inglês, Mago de Oz faz parte da história da banda.
Seria preconceito? Ou até mesmo o pensamento de terceiro mundo que ronda o país tupiniquim? A grande maioria da América Latina fala espanhol e o Brasil é um dos poucos lusitanos. Levando-se em conta que o Brasil, juntamente com o México, é a grande potência econômica e social do território, para quê dar atenção a estes povos desprovidos de riquezas que me cercam, eu quero mais é ficar de baixo da saia dos States e dos europeus, esses tem style, falam uma língua very good e comem McDonalds.
Povo tupiniquim de imensuráveis qualidades, muitas invejáveis mundo a fora, mas com defeitos que refletem na sociedade, seja na economia, na cultural e até mercadologicamente falando.
Viva o nobre e honesto Heavy Metal latino!!!
Texto de Fernando Cunha ©

Um comentário em “Español Tupiniquim

  • março 10, 2013 em 4:09 am
    Permalink

    Escuta Sigma, banda de prog do RJ que canta em PT BR.
    Fica a dica.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×